Voltar Página inicial
Núcleo Cultural da Horta
NCH Quem somos História Estatutos constitutivos Estatutos actuais
Notícias
Biblioteca virtual Boletins do NCH Outras publicações
Livraria virtual Boletins do NCH Outras publicações Como comprar
Links relevantes

Núcleo Cultural da Horta edita Em dias passados – Figuras, Instituições e Acontecimentos da História Faialense

Em dias passados – Figuras, Instituições e Acontecimentos da História Faialense , da autoria de Fernando Faria Ribeiro, é a mais recente publicação dada a estampa pelo Núcleo Cultural da Horta.

Com uma tiragem de 500 exemplares, o livro, que se já se encontra à venda nas livrarias locais, constitui, “com ligeiras alterações e algumas precisões”, com refere o próprio autor, em Nota Prévia, a reprodução de duas centenas e meia de artigos publicados no jornal Correio da Horta ao longo dos dias úteis do ano de 2005.

Segundo explica Fernando Faria Ribeiro, o objectivo deste trabalho foi – “seguindo a ideia do BreviárioAçoriano de Gervásio Lima ou do Diário da Pátria de César Anjo” – trazer a “História que está nas bibliotecas e nos arquivos para o conhecimento do grande público, divulgando elementos respeitantes a personalidades, instituições e acontecimentos do passado faialense”.

No Prefácio de Em dias passados – Figuras, Instituições e Acontecimentos da História Faialense, Jorge Costa Pereira aponta como grande virtude deste livro o facto de “conseguir combinar o respeito pelo rigor e pela verdade histórica com as preocupações de divulgação, patentes na concisão dos textos e na clareza e simplicidade da linguagem”.

Lembra, ainda, que através das suas páginas o leitor poderá “conhecer melhor alguns aspectos do nosso passado, as razões de estarem perpetuados na toponímia algumas personalidades, factos que o tempo apagou das nossas memórias, acontecimentos que só alguns recordam ou instituições que nos passam hoje despercebidas no viver quotidiano.”

Natural de Castelo Branco, Faial, onde nasceu em 1944, Fernando Manuel de Faria Ribeiro licenciou-se em Ciências Históricas pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e foi professor no Liceu da Horta, director do jornal Correio da Horta e deputado à Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, da qual foi vice-presidente. Entre as suas múltiplas funções oficiais e cívicas, contam-se, ainda, as de membro do Grupo de Trabalho que em 1975 elaborou o projecto de Estatuto Político-Administrativo dos Açores, da Comissão Administrativa da Câmara Municipal da Horta nomeada após o 25 de Abril e da Comissão Instaladora do Hospital da Horta, deputado municipal, representante dos Açores no Conselho Nacional da Educação, presidente do Conselho Geral do Hospital da Horta e da Direcção e da Assembleia-Geral do Fayal Sport Club.

Com capa, paginação e concepção da Barro-Açores e impressão na Sersilito, este último lançamento do Núcleo Cultural da Horta contou com o apoio da Presidência do Governo, através da Direcção Regional da Cultura, e de Davide Marcos, Escritório de Serviços de Gestão e Auditoria, Unipessoal Lda.
Última actualização a 02.07.2007 Voltar ao topo